sábado, 29 de outubro de 2011

All star i love you !

all star dados Clássicos da Moda   All Star fotos
  All Star  foi um modelo de tênis fabricado pela marca Converse que surgiu em 1917, porém sua popularização só ocorreu alguns anos depois, quando em 1923, foi criado o modelo All Star Chuck Taylor. Ele surgiu de uma parceria com o jogador americano de basquete Chuck Taylor. E foi desenvolvido exclusivamente para a prática do basquete, pois na época não existiam calçados especializados para a prática deste esporte.



  Foi febre nos anos 80, época da moda “vários em um”. O tênis manteve o modelo clássico, mas a sola era ligada com um zíper à parte de cima, dando a possibilidade de 3 ALL STAR em 1. Também foi lançado o modelo original em couro – chamado de All Star 2000 – e que se tornou um sucesso entre os consumidores, vendendo mais de 1.000.000 de pares.
   Nesta década algumas personalidades entraram para a história como adeptos dos tênis, entre eles o roqueiro Kurt Cobain, do Nirvana, e os integrantes do Ramones, que acabaram arregimentando usuários entre os fãs de suas bandas. A Nike comprou em 2003, por US$ 305 milhões, a Converse, que enfrentava enormes dificuldades financeiras, basicamente pelo valor da marca ALL STAR. Para a Nike, a compra da empresa iria ajudar a ocupar um espaço que a marca ainda não conseguiu tomar: tênis de preço mais baixo.”


all star Clássicos da Moda   All Star fotoskurt cobain all star Clássicos da Moda   All Star fotos
image0018 Clássicos da Moda   All Star fotosTumblr_lkfifvuap41qjyzbbo1_500_large
118900_large
Bye:*

não repare,

gabrielcezar:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

­





Besus:*

.

Tumblr_ltmoadquf71qlxt5vo1_500_large
"Todos nós viramos poetas, quando estamos apaixonados!"

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Acabou...

Ogaaaouandh-z4h374nkzipq2fjyfnbonc0ge0t3owi2bg5vi_3ojtlg11gnqs3brkzllbgnp9psnvpp-wiqdz8qlhuam1t1upjxrm_bblhf6vneb6uykuj3yjly_large 

      Naquele dia, tudo parecia nublado, tudo ao meu redor parecia sem graça. O fato dele não estar mais ali naquela sala, me deixou completamente sem rumo. Não conseguia acreditar que não iria mais vê-lo. Cada vez que passasse pelo corredor, ele pareceria vazio.
     Mesmo não havendo sequer uma mínima chance entre nós, um simples sorriso seu me fazia atropelar milhões de sentimentos no coração. Nem ao menos sei quando irei vê-lo de novo...ou sequer quando sua presença vai me causar borboletas no estômago outra vez... parece que nada mais faz sentido.
      Bem...agora somente me resta sofrer por um amor que nunca aconteceu... quem sabe um dia?

Espera

 Tumblr_lnsb5sbg6s1qe0fdco1_500_large

   Como é dificil esperar. Esperamos tanto e mesmo depois da adolêscencia, é sempre uma tortura!
   Esperar exige paciência, coisa nem sempre presente na vida alucinate e de tempo curto que levamos atualmente. Queremos tudo para ontem.
   Há quem chore de agonia, quem fique agitada, mas todas nós nos sentimos inseguras e pequeninas em algum momento. A espera traduz-se por algo que não nos cabe interferir.   Não a há nada que se possa fazer a não ser aguardar. Saber esperar é uma arte que devemos dominar. É claro, que esperar faz parte da vida, contudo, não dá para viver em função de uma resposta. Enquanto se aguarda algo, outras coisas acontecem: escola, brigas, risadas, sonhos...Tudo tem que continuar, tendo lugar no nosso dia a dia ou, do contrário, passa-se por completo apenas esperando.

-


"Pode contar seus segredos ao vento, mas depois, não vá culpá-lo por contar tudo às árvores."

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Naquele tempo

Tumblr_loi00hlf481qdbhv8o1_500_large        
     Esses tempos me deu uma vontade louca de escrever. Por no papel algumas idéias.
     Acho que foi por que esses dias fiz uma limpeza no meu quarto e achei um caderno de anotações de quando eu tinha dez anos, sendo assim me peguei a lê-lo. Fiquei imaginado o que me fazia escrever coisas tão mirabolantes, mas que na época com o lápis na mão, eu achava o máximo, para mim aquilo fazia sentido.
   Mas o tempo passa e as nossas reflexões e pensamentos mudam. Tudo que estava naquele caderno era o melhor de mim, mas naquele tempo. Sem aqueles textos gravados ali, provavelmente não haveria este aqui.
   Ainda vou escrever muito, e ainda vou evoluir muito.